Começa pregão presencial para equipar o Centro Cirúrgico do Hospital Municipal

1490

Iniciou na manhã de ontem, no auditório da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o pregão presencial, na modalidade licitação tipo menor preço por item, para a contratação de pessoa jurídica para a aquisição dos equipamentos e materiais permanentes destinados à implantação do centro cirúrgico do hospital municipal de urgência e emergência Dra. Maria Laíse Pereira. Um velho sonho dos castanhalenses, de poder ter em sua cidade um centro cirúrgico para atender as necessidades da população, sem ser necessário se deslocar para outras cidades como Belém.
Os recursos destinados à compra dos equipamentos e materiais permanente são oriundos de emenda parlamentar do deputado federal Hélio Leite, no valor de quase R$ 1.5 milhão.
Segundo Daniele Fonseca, titular da Secretaria Municipal de Licitação, 12 empresas se apresentaram para participar do pregão presencial de Belém e de outros municípios paraenses, e até uma do Estado do Tocantins.

Como são muitos os itens a serem adquiridos, que vão das macas, bisturis, banquetas, poltronas e equipamentos eletrônicos como o respirador artificial, é normal que mais de uma empresa consiga participar na venda desses equipamentos. Ontem o dia foi de receber as propostas escritas, abertura e disputa de preços. Daniele explicou que o fluxo de informações é constante, e isso exige muita atenção na análise dos documentos das empresas.
A Secretaria de Licitação de Castanhal também está concluindo a licitação destinada à compra de medicamentos, no valor total de R$ 14 milhões.

Por Ascom.
Fotos: Ascom -PMC