Prefeitura de Castanhal presta conta da atual realidade financeira do município

252

Em audiência pública de prestação de contas do último quadrimestre de 2018, realizada no plenário da Câmara Municipal, os secretários de Saúde e de Finanças de Castanhal, respectivamente Carla Lima e Karlan Caldeira, mostraram não apenas os avanços implementados pela atual administração, mas também as dificuldades enfrentadas pela equipe do prefeito Pedro Coelho Filho para honrar a folha de pagamento dos servidores municipais e ainda ter que investir no município em diversas frentes de serviços.

Lembrando das negociações das dívidas deixadas nas gestões anteriores, que o atual governo teve que renegociar diante de uma situação de falência em que foi encontrado o Instituto de Previdência do Município de Castanhal (IPMC), e de descaso total com o servidor público municipal, Karlan avisou que “quem faz a gestão são os servidores, e são eles que têm que ajudar a fiscalizar o governo”.

Ele disse ainda que o município precisa evoluir mais em relação à arrecadação própria. Mas que isso não se consegue de uma hora para outra e que hoje os recursos investidos em saúde, educação e assistência social são insuficientes para atender a demanda existente no município.

Carla Lima falou das dificuldades enfrentadas pela administração para honrar a folha de pagamento da saúde que possui dois hospitais, várias unidades de saúde e oferece exames especializados não apenas à população local, mas as demandas oriundas de dezenas de municípios vizinhos.

“Apesar dessas dificuldades estamos conseguindo aumentar os serviços prestados. Nosso município é reconhecido por possuir o melhor programa de acesso e qualidade da atenção básica do Estado. Criamos o Telemedicina, estamos informatizando as unidades de saúde e capacitando nossos profissionais. Sempre fazendo o melhor que podemos, mesmo sabendo que ainda há muito o quer fazer. Sempre compromissado com a população”, afirmou a secretária.

O secretário de Finanças disse ainda que não “são os ideais, mas os possíveis” os números apresentados durante a prestação de contas, de uma gestão marcada pela responsabilidade e a transparência com os recursos públicos, “para que a população de Castanhal e os servidores municipais possam acompanhar o que está sendo feito no município, especialmente com a folha de pagamento e as finanças municipais”.

Ele ressaltou que o governo atual espera que sejam feitas reformas na legislação e que a relação entre os poderes possa mudar em favor dos municípios para que eles possam dar conta das demandas sociais e de serviços como saúde, educação e assistência.

Dentre as arrecadações municipais, Karlan destacou o repasse da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) feito integralmente para Secretaria de Infraestrutura, que eliminou em quase 100% os pontos 24 horas espalhados pela cidade. E está trocando as lâmpadas fluorescentes pelas de led, cerca de 50% mais econômicas fazendo com que o município reduzisse bastante a fatura paga à Celpa.
(Os números estão no Portal da Prefeitura de Castanhal)
Fonte:ASCOM-PMC.