Secretaria de obras prioriza serviços emergenciais em Castanhal com operação tapa buraco e limpeza de canais

991

Através de ações emergenciais, a Secretaria de Obras de Castanhal vem intensificando o trabalho em vários pontos da cidade. Desde o início de janeiro a operação “Tapa Buraco” já teve uma abrangência de cinquenta quilômetros (50km) atendendo pelo menos nove bairros que estavam com a camada asfáltica comprometida.

O reparo de asfalto e troca de solo na cabeceira da ponte da rua Padre Salvador Tracaioli no bairro do Pirapora, evitou possíveis acidentes no local. A limpeza de sarjetas e bocas de lobo no Ianetama, Saudade e Cariri amenizaram os alagamentos nesse período chuvoso. A troca de tubos e manutenção em galerias de drenagem foram serviços complementares para evitar possíveis enchentes.

A limpeza dos canais da Comandante Assis, Santa Helena e Pantanal também trouxe um pouco mais de tranquilidade para os moradores dessas áreas de Castanhal cortadas por igarapés. Uma grande quantidade de entulho e lixo doméstico foi retirada do local. O trabalho de limpeza pública, roçagem e capinagem também teve atenção redobrada da secretaria. Em trinta dias, oito praças públicas entre elas do Cristo, Estrela e Saudade foram beneficiadas com o cronograma de ação da nova gestão municipal.

Na Zona Rural, foram realizadas a limpeza e abertura de ramais nas agrovilas do Pacuquara, Santa Terezinha, Itaqui, Castanhalzinho e Boa Vista. Cerca de sessenta quilômetros (60 km) de melhorias que atenderam as necessidades de centenas de famílias que hoje vivem nessas agrovilas. De acordo com o Secretário de Obras, Landry Adelino, a demanda de problemas envolvendo saneamento básico é muito grande e que a maioria foi deixada pela administração passada.

Landry esclarece que sua equipe está atenta para resolver as situações emergenciais e que nas próximas semanas a secretaria atenderá solicitações antigas da comunidade. “Uma escavadeira hidráulica vai facilitar nosso serviço e pretendemos entrar na rua Liberdade até o ramal do Brilhante, onde os moradores esperam há anos pela resposta do poder público”, disse o Secretário de Obras, que prioriza uma ação firme com transparência e aplicação correta do dinheiro público.

Por Rivan Jatene – Ascom
Fotos: Wanderley Souza-Ascom