Reunião técnica discute a implantação do Parque Florestal de Castanhal

1524

Na manhã desta sexta-feira (17), foi realizada no auditório da Semutran, a primeira reunião técnica para criação da Unidade de Conservação da Natureza em Castanhal. O horto municipal será a área destinada para esse projeto que pode garantir o primeiro parque natural do nordeste paraense.

O evento contou com a presença do Secretário adjunto da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Thales Belo e do presidente do Ideflorbio, Tiago Novaes, que estão empenhados em garantir total apoio a Prefeitura de Castanhal.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente luta para viabilizar essa área verde e de lazer para os moradores da cidade. “O horto florestal de Castanhal é um sonho antigo. Hoje o local de preservação ambiental pertence ao Ibama mas já solicitamos o termo de cessão para avançar no projeto”, garantiu a Secretária da SEMMA Lúcia Porpino.

O arquiteto e professor da UFPA, João Castro Filho, também participou do evento. Ele aproveitou para apresentar um estudo técnico realizado na área há quatro anos. Os dados revelam mais de três mil espécies de árvores catalogadas além de trilhas, nascentes e um fauna exuberante. O projeto apresenta alternativas para transformar o local em um Parque Florestal com Mirante, Centro de Visitação e Restaurante, respeitando essa floresta primária localizada no centro de Castanhal. “Mas não podemos esquecer das famílias que vivem hoje próximo ao horto. Tivemos a preocupação de seguir adequações urbanísticas com um estudo sócio ambiental do entorno do Parque”, ressaltou o Arquiteto João Castro.

A reunião foi considerada positiva pela equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Cumprindo os trâmites legais o município terá condições de oficializar o projeto com a captação de recursos através da parceria com o Governo do Estado. Em seu pronunciamento, o Prefeito Pedro Coelho garantiu que seu governo terá uma atenção especial para o meio ambiente. Além do Horto Florestal, ele alertou que é preciso revitalizar o rio Apeú e dar um direcionamento adequado a área do antigo Camping Ibirapuera. “Precisamos pensar no futuro ambiental do município e com essas parcerias tenho a certeza de que iremos avançar garantindo o bem estar da população”, disse Pedro Coelho.

Por Rivan Jatene -Ascom.
Fotos: Wanderley Souza-Ascom.