CTA – Centro de testagem e aconselhamento – da Secretaria Municipal de Saúde, encerra a campanha Julho amarelo de prevenção à hepatite

1622

A campanha aconteceu durante todo o mês de julho e contou com serviços de atendimento especializado, testes rápidos, orientações e palestras em quatro grandes empresas e nas unidades de saúde do Município.

As hepatites são doença causadas por vírus que levam à inflamação do fígado, podendo evoluir para cirrose ou câncer no fígado. Pode ser transmitida por contaminação sanguínea, através do uso compartilhado de materiais cortantes como: agulhas, aparelhos de barbear e alicate de unha; através do sexo sem camisinha e transmissão vertical (de mãe para filho, durante a gravidez).

Os sinais da hepatite são: cansaço, mal-estar, tontura, desânimo, enjôo ou vômito, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

A secretaria municipal de saúde, através do CTA, e o serviço de atendimento especializado (SAE), dispõe de uma equipe de profissionais especializados para realizar os exames rápidos, durante todo o ano.

Durante a campanha foram realizados 1.060 testes rápidos de (HIV. Sífilis, Hepatite B e Hepatite c), foram identificados 20 casos novos de HIV, 23 de sífilis, 02 de hepatite B e 04 de hepatite C.

Vale ressaltar que a testagem desses exames é rotina do CTA e foram intensificadas devido a campanha.

Os testes são realizados pela manhã das 07:00 às 13:00 hs de segunda à sexta-feira.

O CTA funciona de segunda a sexta-feira de 07:00 às 17:00hs, no prédio anexo ao hospital municipal.

Fonte: ASCOM-PMC.

Fotos: Ascom-PMC.