Festival de cultura Junina renova Tradição em Castanhal

2289

O 13º Festival de Cultura Junina aconteceu nos últimos dias 22 e 23, tendo como palco a Praça do Estrela, que atraiu centenas de castanhalenses.
Dessa forma, o Governo Municipal valoriza os grupos folclóricos e quadrilhas juninas, além de abrir espaço para os artesãos locais, que puderam expôr seus trabalhos, movimentando, assim, o setor que está em expansão no município. O evento é também uma forma de homenagear a cultura nordestina, que tem uma grande importância no processo de colonização e desenvolvimento de Castanhal.

A Superintendente da Fundação Cultural de Castanhal – FUNCAST, Elane Gadelha, ressaltou o compromisso do Prefeito Pedro Coelho Filho em incentivar o desenvolvimento da cultura castanhalense, com a participação dos grupos culturais e artistas regionais, nos eventos realizados pelo Governo Municipal.
Cerca de 18 quadrilhas juninas e grupos folclóricos se apresentaram no festival, resgatando a cultura das festas do mês de junho. Entre as quadrilhas tradicionais estavam a Nova Geração, Explosão de Cheiro, Tradição Junina e Raízes do Sol.

Seu Francisco Filho, o Chiquinho, da quadrilha Nova Geração, da Agrovila Nazaré, conta que já participa do festival há 10 anos. “Para nós, que somos do interior, da Agrovila Nazaré, é muito importante poder participar do festival”, disse o diretor da quadrilha.
Uma novidade que o Festival de Cultura Junina apresentou, este ano, foi a participação dos grupos de dança, com performances sobre temas regionais. Entre os grupos de dança que participaram do evento, estavam a Escola de Dança Soraya Botelho, Cia de Dança Kinema, Studio Dança & Cia e Academia Fitness & Cia.

A professora Soraya Botelho, que apresentou a dança “Meu Pará”, disse que ficou muito feliz com essa oportunidade dada aos grupos de dança. “Agora estão abrindo espaço para escutar os artistas de todas as linguagens, dando oportunidade para apresentar nosso trabalho”, enfatizou Soraya Botelho.
Luciana Coelho, ao lado de sua filha, Keila, de apenas 6 anos, disse que todos os anos vem prestigiar o festival, porque gosta de assistir as quadrilhas juninas. “Não devemos deixar acabar a cultura junina em Castanhal, e o festival é importante para isso”, disse Luciana, de olho na filha que acompanhava as quadrilhas, ensaiando os primeiros passos de dança.

Por Eliene Souza –Ascom.
Fotos: Wanderley Souza –Ascom.