Articulação entre prefeitura e fundação cultural palmares possibilitou a doação de cestas de alimentos às comunidades quilombolas

129

A entrega das 126 cestas de alimentos aconteceu na manhã de quarta-feira, 18, nas agrovilas de Macapazinho e São Pedro, comunidades da zona rural de Castanhal, remanescentes de quilombos.

As cestas foram doadas por meio de articulação institucional realizada entre Prefeitura de Castanhal e a Fundação Cultural Palmares, uma instituição pública voltada para promoção e preservação dos valores culturais, históricos, sociais e econômicos decorrentes da influência da cultura negra, vinculada ao Ministério da Cidadania.

O prefeito Pedro Coelho Filho; a chefe de Gabinete, Carmem Quadros; a secretária de Assistência Social, Elyrose Abreu e o secretário de Agricultura, Francisco Carlos, participaram de entrega. “Nosso governo tem se preocupado com as condições socioeconômicas das comunidades. Por isso procuramos realizar parcerias e adesoes diversas que são importantes, como esta da Fundação Palmares”, ressaltou o prefeito Pedro Coelho Filho.

A Secretária Municipal de Assistência Social, Elyrose Abreu, disse que a iniciativa da provocação “partiu da primeira-dama Rosangela Mota, que buscou informações sobre ações junto ao gestor de Inhangapi, que já participa do programa, portanto todas as medidas necessárias foram tomadas pela SEMAS, recebendo as doações as comunidades, afirmou.

As comunidades agradeceram a iniciativa da prefeitura em sempre apoiar, valorizar e defender direitos dos quilombolas.“Ser uma comunidade quilombola requer atenção diferenciada como forma de reparação histórica de perdas na sociedade, essa é uma delas. Vamos batalhar para garantir continuidade, mas dependemos de questões financeiras do governo federal.

“Nossa comunidade carente, necessita desse apoio. As cestas de alimentos chegaram em boa hora. Temos que agradecer a iniciativa da prefeitura através da SEMAS’’, disse o Edson Feitosa.

Josiely Maia, da comunidade quilombola São Pedro, diz que foi gratificante receber a cesta. “A cesta chegou no momento certo. Estou desempregada morando na casa de meus pais, com mais dois filhos. E uma cesta como esta é de grande ajuda. Tenho muito a agradecer a prefeitura que possibilitou que chegasse para nós essas cestas”, agradeceu.

Fonte: ASCOM-PMC.