Equipe de vigilância de zoonoses realiza captura de morcegos hematófagos

1341

Na última sexta-feira, 17 de fevereiro, a equipe de zoonoses de Castanhal após ter sido acionada pela Vigilância em Saúde, realizou o trabalho de captura de morcegos em uma residência localizada no bairro Jaderlândia, onde uma moradora foi atacada.

Os profissionais deverão encaminhar os animais capturados para o instituto Evandro Chagas, onde será feito um estudo para descobrir se esses animais estariam portando o vírus da raiva, porém antes mesmo de chegar a uma conclusão pautada em resultados concretos, a vítima já está sendo medicada como forma de prevenção tomada pela equipe de saúde que fez o acompanhamento.

A moradora, que prefere não se identificar, diz que já havia percebido a presença dos morcegos no teto de sua residência, mas nunca imaginou que poderia acontecer o ocorrido. “Após passar por essa situação pude perceber a importância dos cuidados necessários que devemos tomar. Acredito que a maioria das pessoas não têm essa preocupação e até mesmo conhecimento dos problemas de saúde que podem ter caso sejam mordidas por morcegos”, disse a moradora.

A médica veterinária da Unidade de Vigilância de Zoonoses, Simone Costa, esclareceu sobre o trabalho que a equipe desenvolveu no local. “Só para que as pessoas entendam, a Unidade de Vigilância de Zoonoses não atua na área de desalojamento de morcegos das residências. Estamos realizando essa atividade com o objetivo de fazer pesquisas a cerca do vírus da raiva, até porque não é comum ocorrências em zona urbana, por este motivo surge a preocupação.

Recomendamos as pessoas que entrem em contato com empresas especializadas em dedetização. É importante ressaltar que não se pode matar estes aminais, já que existe uma lei que define essa prática como crime ambiental. Nossa função neste caso seria passar orientações para evitar que pessoas adoeçam por conta de situações como a que aconteceu no Jaderlândia”, alertou a Médica Veterinária.

Por Nathalia Lan –Ascom.
Fotos: Wanderley Souza – Ascom.