Prefeito de Castanhal participa da abertura de oficina regional em benefício dos catadores de lixo do estado

366

O prefeito Pedro Coelho Filho participou na manhã desta quarta-feira, 12, no auditório do campus da UFPA de Castanhal, da oficina regional de planejamento e avaliação do processo de implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), patrocinada pela Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) junto com o Governo Federal. Mais onze palestras iguais serão ministradas em outras cidades paraenses.

O evento, que se estenderá até amanhã, tem como principal objetivo melhorar a qualidade de vida de milhares de catadores, e suas famílias, espalhados nos lixões existentes por todo Estado, através do programa “Pró Catador. Ativação Pará”. O projeto já existe desde 2012 e incentiva a organização desse segmento que vive sob extrema vulnerabilidade. “Só através da união de forças é que encontraremos capacidade de melhorar a vida dessas pessoas”, afirmou José Raimundo Portilho, diretor de qualificação profissional, empreendedorismo e economia solidária da Seaster.

“A presença do governo do Estado nesse assunto é de extrema importância para se chegar a uma solução em relação à destinação dos resíduos sólidos produzido nos lixões. Esse momento é importante, apesar das dificuldades, como estamos vendo agora em Belém. Tem que ter recursos, e não são poucos. E a saída é essa que estamos tomando agora, formalizando o consórcio para tratar dos resíduos sólidos de Castanhal, Inhangapi, São Francisco, Santa Maria e Santa Isabel. Temos uma equipe técnica que está avançando nesse sentido. E lixo é dinheiro também, vira solução quando ele é bem tratado”, afirmou o prefeito de Castanhal. As secretárias Carmem Quadros (Semas), e Lúcia Porpino (Semma) também participaram da abertura da oficina.

Nesta quarta-feira as palestras abordaram definições de lixo e resíduos sólidos e suas principais características, sistema de gestão de resíduos adotados na atualidade, a importância da reciclagem na redução de impactos ambientais, panorama geral do sistema de gestão de resíduos sólidos no Brasil (com detalhamento do existente no Pará), e processo de coleta seletiva solidária.
Fonte:ASCOM-PMC
Fotos: Wanderley Souza –Ascom.