Prefeito e Governador fazem visita técnica ao Hospital regional de Castanhal

1586

Em visita técnica realizada no final da tarde da última quinta-feira às obras do Hospital Regional de Castanhal, o governador Simão Jatene e o prefeito Pedro Coelho Filho puderam não só ver que elas estão bastante adiantadas, mas constataram que o novo polo de saúde paraense será não apenas um hospital regional, mas “o hospital regional do Pará”.

Além dos atendimentos de urgência e emergência, dispor de 220 leitos, centro cirúrgico, quando estiver pronto, o hospital deverá se transformar em um centro de oncologia. O que irá desafogar hospitais de referência, como o Ofyr Loyola, em Belém, e o Metropolitano, em Ananindeua.

“Um investimento dessa grandeza, de R$ 270 milhões, irá fazer a diferença na área da saúde não só aqui em Castanhal, mas em todos os municípios existentes no nordeste paraense. Uma obra que, como disse nosso governador, vai durar pelo menos 30 anos”, festejou o prefeito de Castanhal.

Impressionado com o que viu ao sobrevoar de helicóptero a área onde o hospital regional está sendo construído, o governador Simão Jatene lembra que, quando assumiu pela primeira vez o governo estadual, no Pará só existiam três hospitais: Santa Casa, Hospital das Clinicas e o Ofir Loyola, “em um Estado com uma área de 1,5 milhão de quilômetros quadrados”.

“Quando resolvi descentralizar criando hospitais regionais com alta e média complexidades, alguns acharam isso uma loucura. Agora, no final de meu terceiro mandato, deixaremos o legado de 20 hospitais regionais. Nesta semana inauguramos os de Barcarena e Ipixuna do Pará”, afirmou o governador do Pará.

Fonte:ASCOM-PMC.