Prefeitura homenageia mulheres que doam suas vidas em benefício dos mais necessitados

371

Em um evento marcado pela emoção, valorização e reconhecimento do trabalho de pessoas poucas conhecidas pela grande maioria da população de Castanhal, 25 mulheres que deram suas vidas para ajudar o próximo foram homenageadas, na tarde da última quinta-feira, com a entrega do prêmio “Dona Zaine, Mulheres que Inspiram”.
Esse prêmio homenageia a guerreira social, dona Zaine José Amaro. Uma católica fervorosa falecida no final do ano passado que criou o projeto Apel, no bairro Bom Jesus, para dar apoio à crianças e adolescentes através da educação, esporte, lazer e cultura. Hoje, o projeto está sendo tocado por dona Marlene, irmã de Zaine, que também foi homenageada.

As homenageadas, a maioria na faixa etária entre 40 e 70 anos, excetuando dona Maria Braga, do alto dos seus 102 anos e assídua frequentadora do CRAS Santa Helena, se doam no que fazem. Seja distribuindo sopa para pessoas carentes ou em situação de risco, ministrando cursos e atividades culturais e esportivas para idosos, liderando trabalho no campo ou cuidando de pessoas portadoras de doenças raras como a Síndrome de Williams.

A ideia do prêmio foi da primeira dama Rosângela Mota, e aprovada na hora pelo prefeito Pedro Coelho Filho, que participou do evento ocorrido no auditório da Secretaria de Cultura (Secult). “Essa é uma homenagem muito justa, são mulheres corajosas, aguerridas e que, com um olhar humano, têm um papel importante na vida de milhares de pessoas”, afirmou Rosângela.

A organização do evento foi das secretarias de Cultura, Elane Gadelha, e de Assistência Social, Carmem Quadros, além do secretário de Agricultura, Francisco Carlos.
Integrantes da banda municipal 28 de Janeiro, as musicistas Letícia, Geyse, Mary Lúcia, Joana D’arc e Luana deram um show à parte, executando clássicos da MPB em homenagem às mulheres.
Fonte:Ascom-PMC.
Fotos: Wanderley Souza –Ascom.